Alexa
CONTATO: (31)3646.2330 | WHATSAPP: (31) 9960.8282
Dr Daniel Borges Plástica

Mastopexia

Com o passar dos anos, devido ao envelhecimento natural do corpo, gravidez ou até mesmo perda rápida de peso, os seios acabam por sofrer com a queda e flacidez. Apesar de ser um problema muito incômodo tem fácil resolução através da cirurgia plástica de mastopexia.

A mastopexia faz parte de uma das cirurgias plásticas de mamoplastia, que corresponde às cirurgias de mamas.

Nesse quadro, existem as cirurgias de:

  • Mamoplastia redutora
  • Mastopexia
  • Mastopexia com prótese
  • Mamoplastia de aumento, que é a cirurgia de prótese de silicone

 Cada uma delas pode auxiliar e resolver incômodos distintos que algumas mulheres têm. Desde problema de dores nas costas, por meio da mamoplastia redutora, como remodelar os seios através da mastopexia, assim como aumentar os tamanhos dos seios, com a mamoplastia de aumento.

Não fique mais com dúvidas, faça sua pergunta e o Dr. Daniel irá responder. É grátis!

O que é a mastopexia?

A mastopexia é um procedimento cirúrgico realizado por cirurgiões plásticos especialistas e tem o objetivo de levantar e remodelar as mamas.

Na cirurgia, o profissional precisa retirar o excesso de pele, sendo que dependendo do caso e do desejo da paciente, é possível realizar a chamada mastopexia com prótese de silicone, ou até mesmo o próprio volume das mamas da paciente para deixar os seios mais harmônicos e simétricos e através do procedimento, contribuir com a autoestima das pacientes.

 Para quem ela é indicada?

 Grande maioria das pacientes que chegam ao consultório procuram pelo procedimento de mastopexia com a queixa de que as mamas estão um pouco caídas, seja pela genética, pela perda de peso ou até mesmo depois de uma gravidez. Aliás, a mastopexia é o procedimento mais indicado para mulheres que já tiveram filhos.

Uma opção possível para quem sofre com a flacidez das mamas  é a mastopexia redutora que é feita é feita para diminuir o volume, deixado os seios mais simétricos, pois além de reduzir os seios, o procedimento tem o objetivo de levantar as mamas.

Outra função importante da mastopexia redutora é ajudar a paciente a ter uma vida com mais qualidade, já que devido aos seios muito grandes, algumas acabam sentindo dores nas costas, dificuldades na prática de atividade física, dificuldade ao escolher roupas, entre outros incômodos .

Quais são os tipos de mastopexia?

Quando a paciente está satisfeita com o volume, e a queixa é somente a respeito da flacidez das mamas, a mastopexia pode ajudar para modelar os seios, deixando-os mais juntos e harmoniosos.

Como abordarmos anteriormente, existem as cirurgias de mastopexia onde não é necessário nem diminuir nem aumentar o volume. Mas há também a opção da mastopexia redutora, onde o cirurgião tira toda a pele e gordura da região dos seios, assim como a mastopexia com prótese, onde o objetivo é resolver o problema da flacidez e aumentar os seios com o silicone.

É importante lembrar, pois muitas pacientes acreditam que a mastopexia tem a função apenas de retirar a pele, mas quando ocorre a flacidez, os seios passam a ficar abaixo do sulco mamário, que é a linha inferior que corresponde a anatomia das mamas, sendo que o ideal é estar acima dessa região.

Então, quando o volume da mama está abaixo, é necessário não  apenas retirar a pele e levantar a aréola, é preciso reposicionar a mama inteira. Sendo assim, o cirurgião plástico deverá realizar um trabalho interno e externo.

Quando é necessário a prótese?

 A chamada mastopexia com prótese é associada ao procedimento quando a paciente quer levantar a mama, mas não tem muito volume. Por isso associamos a prótese de silicone com o intuito de proporcionar o aumento que a paciente deseja.

Consulta exames e pré-operatório

Se você deseja realizar uma cirurgia plástica de mastopexia o primeiro passo é agendar uma consulta para passar por uma avaliação completa. É importante que você verifique o perfil profissional do médico, constatando que ele seja membro da Associação Brasileira de Cirurgia Plástico. Isso deixará o seu procedimento mais seguro, uma vez que estará realizando a cirurgia plástica com um profissional habilitado.

Durante a consulta médica cabe ao cirurgião plástico avaliar a paciente, ouvir suas queixas e desejos. Mas é importante lembrar que a decisão da melhor solução para a paciente deve ser tomada em conjunto com o médico.

Em seguida, serão solicitados exames laboratoriais, como raio X, hemograma, urina e avaliação cardiológica. É fundamental a realização desses exames para comprovar que a paciente está em boa saúde e apta para a realização da mastopexia.

 É importante para a sua segurança que a cirurgia plástica seja realizada em um hospital ou clínica de qualidade, que tenha todos os equipamentos necessários para o procedimento cirúrgico.

Tipos de anestesia da mastopexia

 Na mastopexia assim como na mastopexia com prótese podem ser utilizadas dois tipos de anestesia, a pelidural que é realizada na coluna, ou a geral que é realizada através do soro. Mas quem decide qual o tipo de anestesia utilizada no procedimento é o médico anestesista que deve ser consultado no pré-operatório.

Fazer uma cirurgia plástica é o sonho de muitas mulheres e homens também. Para a realização desse sonho devemos ser super cautelosos na escolha do cirurgião que fará essa transformação. Escolhi o Dr. Daniel Borges porque ele me passou muita segurança desde a primeira consulta. Me explicou detalhadamente como os procedimentos seriam feitos, com muita paciência. Ele é muito atencioso, cuidadoso e não gosta de deixar nenhuma dúvida, tanto no pré como no pós operatório. Fiz abdominoplastia e mastopexia com prótese com ele. Fiquei super satisfeita com o resultado! Se você procura um médico que se preocupa com o resultado que você espera, ele é o cara! Obrigada Dr. Daniel por transformar meu sonho em realidade!
Rebeca Ferreira Gonzaga Silva
Abdominoplastia e Mastopexia

Pós-peratório da mastopexia

É normal que depois da cirurgia de mastopexia as mamas fiquem um pouco inchadas, mas o inchaço irá reduzir aos poucos quando o paciente seguir as recomendações do cirurgião plástico.

Além do repouso absoluto, é preciso não fazer movimentos bruscos com os braços nos primeiros 15 dias. A paciente deverá utilizar também um sutiã pós-operatório que será fundamental para a recuperação, assim como reduzir o inchaço das mamas.

Como já realizei diversas cirurgias plásticas de mastopexia durante minha experiência como profissional e membro da Associação Brasileira de Cirurgia Plástica, noto o quanto as pacientes ficam satisfeitas assim que passam pelo procedimento. Elas reconquistam sua autoestima e passam a se sentir muito mais confiantes. E isso é ótimo!

QUANDO FAZER
MAMOPLASTIA!

CHECKLIST- COMO ESCOLHER SEU
CIRURGIÃO PLÁSTICO

Preço da mastopexia

 Nós cirurgiões plásticos precisamos primeiramente avaliar cada caso à parte para verificar o tipo de procedimento e, assim, oferecer um orçamento. Mas o que posso garantir é que a mastopexia está ao seu alcance, pode acreditar!

Se você deseja saber mais sobre a cirurgia plástica de mastopexia, entre em contato com a nossa equipe de profissionais no telefone (31) 3646-2330, ou se preferir envie um whatsaap (31) 9960.8282

Sobre o Dr. Daniel Borges

O Dr. Daniel Borges, conceituado cirurgião plástico em Belo Horizonte. É preceptor do Hospital das Clinicas, hospital da UFMG. É especialista em mastopexia em BH, assim como em outras cirurgias plásticas muito pedidas em sua clinica de estética em Belo Horizonte, como: mamoplastia redutora, abdominoplastia, implante de silicone, entre outras.

Clique aqui e marque já sua consulta!

Perguntas Frequentes

A cirurgia de mastopexia deixa cicatrizes?
Sim, mas bastante disfarçadas.

Onde se localizam as cicatrizes da mastopexia?
Normalmente, no sulco formado entre a mama e o tórax. Em alguns casos, na região da aréola, e até mesmo na axila.

Ouvi dizer que algumas pacientes ficam com cicatrizes muito visíveis após a mastopexia.
Algumas pacientes têm tendência à hipertrófica ou ao queloide. Entretanto, tudo é avaliado durante a consulta inicial. Normalmente, as pessoas de pele clara não tendem a essa complicação cicatricial, já as pessoas de pele morena podem ter maior predisposição ao queloide ou à hipertrófica, mas não é uma regra clara.

Existe correção para as cicatrizes hipertróficas e queloides?
Inúmeros recursos cirúrgicos e clínicos permitem melhorar a aparência das cicatrizes inestéticas. No entanto, o período se difere da evolução natural da cicatrização.

No caso de nova gravidez, o aspecto da cirurgia de mastopexia permanecerá ou ficará prejudicado?
O seu ginecologistaobstetra dirá a você sobre a conveniência da gravidez. O resultado, entretanto, poderá ser preservado, desde que o especialista controle seu aumento de peso na nova gestação.

Qual o tipo da anestesia utilizada para a mastopexia?
Usa-se na mastopexia a anestesia geral, peridural ou local, dependendo do caso da paciente.

Quanto tempo dura a cirurgia de mastopexia?
A mastopexia dura cerca de 90 a 120 minutos. É importante frisar que o tempo do procedimento não corresponde ao tempo de permanência do paciente no Centro Cirúrgico, porque a estadia envolve também o período de preparação para a anestesia e de recuperação pós-cirúrgica.

Qual o período de internação após a mastopexia?
Após a mastopexia, o período de internação varia entre 12 e 24 horas.

Quando poderei tomar banho completo após ter feito a mastopexia?
Normalmente, no dia seguinte. Tudo depende da evolução da cirurgia, bem como o tipo de curativos.

Quando poderei retornar aos meus exercícios após a mastopexia nas mamas?
Os exercícios relativos aos membros inferiores poderão ser reiniciados entre 10 a 15 dias após a mastopexia, mas evitando impactos. Os exercícios que envolvam o tórax, podem ser praticados apenas após 30 a 45 dias.

Clique aqui e marque já sua consulta!