Alexa
CONTATO: (31)3646.2330 | WHATSAPP: (31) 9960.8282
Dr Daniel Borges Plástica

Os tipos de anestesia

Por: | 6 de agosto de 2013

Há diversos tipos de anestesia que podem ser utilizadas nas mais variadas cirurgias, incluindo as plásticas. Entre elas está a local, a peridural, a raquidiana e a geral. Quando uma pessoa é ferida, os nervos levam até o cérebro a mensagem de que há algo errado no corpo, fazendo com que ela sinta dor. As anestesias servem para que essa mensagem de dor não chegue até o cérebro, ou seja, o paciente não sentirá dor na realização de cirurgias. Sem as anestesias, muitas pessoas não iriam se submeter a uma cirurgia, pois seria difícil aguentar a sensação.

Anestesia local

A anestesia local funciona somente onde será feita a cirurgia. O paciente toma o anestésico local, que pode ser lidocaína ou bupivacaína, e ele impede que se sinta dor na região. A pessoa só perde a sensibilidade no local, mas continua consciente. Ela é mais utilizada em procedimentos menores. A anestesia local também pode ser aplicada com sedação.

Anestesia geral

Em casos de procedimentos maiores é necessária a utilização da anestesia geral. Ela também é utilizada quando o cirurgião julga importante de acordo com cada paciente. Na anestesia geral, o paciente não sente dor em nenhuma parte do corpo. Sua aplicação é feita pela veia, fazendo com que chegue rapidamente ao cérebro. Além de não sentir dor, ela provoca a perda temporária da consciência e o relaxamento dos músculos. O anestesista fica responsável por cuidar das doses durante o procedimento cirúrgico, fazendo com que o paciente só retome a consciência após seu término.

Anestesia peridural

A anestesia peridural não é tão fraca como a local, mas também não é tão forte como a geral. Ela é injetada na região peridural, nas costas do paciente. Com o auxilio de um cateter, ela vai sendo aplicada no paciente durante toda a cirurgia. Ela não é indicada para casos em que a cirurgia dura mais de 3 horas.

Leave a Reply