Alexa
CONTATO: (31)3646.2330 | WHATSAPP: (31) 9960.8282
Dr Daniel Borges Plástica

Câncer de mama também afeta os homens

Por: | 18 de maio de 2017

Muito provavelmente grande parte das pessoas nunca ouviu falar sobre o tema, mas apesar de ser bem raro, os homens também podem sofrer de câncer de mama.

Estima-se que apenas 1% dos homens são diagnosticados com a doença a cada ano no Brasil, em comparação com cerca de 22%  novos casos a cada ano entre as mulheres.

Porém, o que preocupa é que geralmente quando os homens são diagnosticados com o problema, o câncer já se encontra em estado bem avançado. Até mesmo por não haver campanhas de incentivo à prevenção, como é mais comum com o câncer de mama feminino.

É essencial nos atentarmos a esse problema, porque até mesmo as condições benignas da doença nos homens devem ser tratadas antes de se transformarem em um problema maior. Uma dessas condições que pode incitar o desenvolvimento da doença é a ginecomastia, que é o aumento das mamas em homem.

Esta condição afeta demais a autoestima masculina, impedindo os homens de realizar tarefas simples, como andar sem camisa ou ir à praia.

Aliás, para quem quiser se informar mais sobre a ginecomastia, uma das cirurgias plásticas mais buscadas pelos homens, pode baixar gratuitamente nosso e-book que aborda o assunto.

O que é o câncer de mama masculino?

O câncer de mama masculino é um tumor maligno, que se inicia a partir de células da mama. Um tumor maligno é um grupo de células cancerosas que podem crescer invadindo os tecidos ou disseminando-se para áreas distantes do corpo. Muitas pessoas não têm consciência de que os homens têm tec
ido mamário, e que podem desenvolver o câncer de mama.

Condições benignas da ginecomastia

A ginecomastia é o transtorno de mama masculino mais comum. Ela não é um tumor, mas sim um aumento da quantidade de tecido mamário de um homem.

Alguns homens têm ginecomastia mais grave, como grandes seios, que se parecem bastante com seios feminos. Apesar de a ginecomastia ser muito mais comum do que o câncer de mama masculino, ela também é sentida como um crescimento sob o mamilo, e é por isso que é importante que quaisquer nódulos sejam verificados pelo médico.

A ginecomastia pode ser bastante comum entre os adolescentes, porque é nesta fase onde ocorre o equilíbrio dos hormônios no corpo, ocasionando muitas alterações.

Porém, o problema também pode aparecer em homens mais velhos, devido a mudanças no seu equilíbrio hormonal.

Existem muitos tipos de tumores benignos da mama (nódulos ou massas de tecido anormal), tais como papilomas e fibroadenomas. Os tumores benignos não se espalham para fora da mama, e não é uma ameaça à vida.

Em casos raros, a ginecomastia ocorre porque os tumores ou doenças de determinados endócrinos (hormônio produtor) fazem o corpo de um homem produzir mais estrogênio (o principal hormônio feminino).

As doenças do fígado, que é um órgão importante no metabolismo do hormônio masculino e feminino, podem alterar o equilíbrio hormonal de um homem e levar à ginecomastia.

É importante ressaltar que fatores como ganho de peso e problemas de obesidade também podem causar maiores níveis de estrogênios em homens.

Condições malignas da ginecomastia

A síndrome de Klinefelter, uma condição genética rara, pode levar também à ginecomastia. A síndrome de Klinefelter é uma condição congênita que afeta 0,1% dos homens. Os homens com a doença têm testículos menores que o normal e, muitas vezes, são inférteis, por não produzirem espermatozoides funcionais.

Alguns estudos apontaram que os homens que portam a síndrome de Klinefelter são mais propensos a terem câncer de mama do que os que não têm a doença.

Apesar dos índices de câncer de mama em homens serem poucos, tudo começa na conscientização e na busca pelos cuidados com a nossa saúde, e o melhor caminho para isso é sempre a prevenção.

Lembrem-se sempre da importância de realizar os exames de rotina!

 

Related Post

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Converse comigo