Alexa
CONTATO: (31)3646.2330 | WHATSAPP: (31) 9960.8282
Dr Daniel Borges Plástica

A drenagem linfática pode ser feita após cirurgia plástica?

Por: | 5 de Fevereiro de 2018

Os cuidados no pós-operatório são essenciais para que o resultado da cirurgia plástica fique plenamente satisfatório. E uma das recomendações, dependendo do caso e do tipo de cirurgia, é a massagem de drenagem linfática, que funciona para abrir os canais de drenagem natural do corpo.

Após cirurgia plástica, é bastante comum a região onde recebeu o procedimento ficar um pouco inchada. Isso ocorre porque o procedimento pode acabar bloqueando esses canais, impedindo uma drenagem natural adequada.

Portanto, a massagem linfática feita após um procedimento cirúrgico pode ajudar a acelerar a drenagem do corpo e diminuir o inchaço presente no local. Por isso ela é totalmente recomendada após um procedimento de cirurgia plástica.

Porém, é importante deixar claro, e sempre explico isso para minhas pacientes, que ao contrário de algumas técnicas de drenagem linfática, a pós-cirúrgica deve ter um toque mais leve. O tratamento promove e acelera a cicatrização, aumentando a resposta imune, reduzindo os inchaços e hematomas.

Isso proporciona um maior conforto ao paciente durante a recuperação. A drenagem linfática pós-cirúrgica é completamente relaxante e deve ser agendada preferencialmente nas primeiras duas semanas após a cirurgia plástica, para obter melhores resultados.

 Como identificar se devo ou não fazer drenagem linfática após a cirurgia plástica?

Como falamos anteriormente, é comum nosso corpo reter líquido depois de um procedimento cirúrgico, e isso pode ser identificado através do inchaço na região onde foi feita a cirurgia plástica.

Nesses casos, o próprio médico deverá indicar a realização do procedimento para auxiliar não somente na redução do líquido, mas também na remoção de hematomas.

Além disso, uma drenagem linfática bem-feita acelera o processo de cicatrização e recuperação, aumentando a hidratação e nutrição das células. Automaticamente o paciente se sente mais leve, menos inchado e com mais disposição para retornar às atividades do dia a dia.

Em procedimentos como lipoaspiração e abdominoplastia, a drenagem linfática se torna indispensável pois a técnica ajuda a ativar a circulação, uma vez que devido ao procedimento cirúrgico, pois as células e placas podem ficar paradas na região que recebeu o procedimento, surgindo assim o inchaço.

Como é feita a Drenagem Linfática?

Os edemas do tecido pós-operatório devem ser eliminados e, com a drenagem linfática manual, é possível colocar em circulação o fluxo linfático inibido pelo edema, acelerando a reabsorção do tecido.

Isso permite que a área operada se recupere melhor com uma circulação arterial, venosa e capilar saudáveis. Isso tudo ocorre graças a uma melhor irrigação sanguínea obtida com a massagem, que transporta o oxigênio e as substâncias de construção celular e acelera o tecido de cicatrização.

Quanto à cirurgia plástica, a drenagem linfática manual é uma ferramenta notável que alivia e encurta o período pós-operatório. O procedimento evacua os grandes vasos linfáticos contribuindo para eliminar o inchaço mais rapidamente normalizando a região.

 Benefícios psicológicos da drenagem linfática

Além dos benefícios físicos da drenagem linfática após a cirurgia plástica, a massagem também oferece um alívio emocional. Quando bem administrada por um profissional qualificado, a drenagem linfática é um complemento eficaz e bastante agradável para qualquer situação de cuidados com a saúde, bem como para desintoxicar o corpo, reduzir o inchaço, aliviar o stress e eliminar a tensão.

Quer esclarecer outras dúvidas sobre cirurgia plástica? Entre em contato com a nossa equipe e agende uma consulta.

Nosso telefone é o (31) 3646-2330, ou se preferir envie um WhatsApp (31) 9960.8282. Estamos localizados na Av. do Contorno, 4747, LifeCenter, Sala 1113 – 30110-090 – Belo Horizonte.

 

Related Post

Leave a Reply