Alexa
CONTATO: (31)3646.2330 | WHATSAPP: (31) 9960.8282
Dr Daniel Borges Plástica

Você é um candidato para a cirurgia plástica?

Por: | 29 de Janeiro de 2018

Cirurgia plástica é para você?

Certamente, essa dúvida deve ter passado por sua cabeça. Se não passou, pode passar. É que a área da medicina plástica tem trabalhado intensamente para desmistificar algumas ideias que as pessoas têm sobre a cirurgia. Mas diante de tantas especulações, esse trabalho ainda vai durar bastante tempo até ter o resultado necessário: pessoas com informações sérias e reais.

Diferentemente de outras cirurgias médicas, a cirurgia plástica não necessita de um motivo clínico para ser realizada Pelo contrário, é importante que o paciente esteja saudável para fazer cirurgia plástica. Mas o que torna uma pessoa candidata para a cirurgia plástica?

Poderíamos dizer aqui que é apenas “querer”, porém, seria imprudente limitar a cirurgia plástica a uma vontade incondicional. Obviamente, como é uma transformação no seu corpo, a decisão final é sua. Mas até lá, vamos a algumas etapas que precisam ser levadas em consideração a fim de torná-lo um candidato em potencial.

O que é necessário para fazer minha cirurgia plástica?

  • O cirurgião plástico é o profissional certo para compreender as limitações do seu corpo para a plástica. Outros profissionais, como psicólogo ou esteticista, são complementares no processo pré e pós-operatório. Portanto, o primeiro passo para se tornar um paciente da cirurgia plástica em potencial é contar com um cirurgião plástico cadastrado na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
  • Estar com a saúde em dia é um requisito que não dá para negociar. O pré-operatório exige atenção a todos os exames solicitados por seu cirurgião. Vale também reduzir o consumo de álcool, parar de fumar e comer alimentos saudáveis. Saúde física e mental são chaves para a porta do sucesso da cirurgia plástica.
  • Pacientes diabéticos têm indicação para a cirurgia plástica, desde que seus níveis de glicose no sangue estejam controlados. Os níveis devem ser inferiores a 7%. Esse tipo de informação será adquirida mediante a realização de exames pré-operatórios. Em caso de níveis altos, o cirurgião fará a orientação adequada para acompanhamento até que novos exames de sangue estejam adequados.
  • Incômodo com nariz e orelhas grandes, papada, seios caídos, rugas etc são bons motivos pessoais para buscar transformação. Se uma pessoa se sente inadequada ou sofre por problemas respiratórios, bullying ou baixa autoestima, é direito correr atrás de corrigir deformidades.
  • Algumas cirurgias plásticas exigem idade mínima. A otoplastia, por exemplo, pode ser realizada aos cinco anos desde que a cartilagem esteja estável. Para lipoaspiração, é indicada a idade mínima de 16 anos. As intervenções precisam respeitar o desenvolvimento corporal do paciente.
  • Todas essas indicações servem, ainda, para quem deseja realizar cirurgia plástica reparadora. Porém, em casos de acidentes, câncer etc, é esperada a liberação do corpo médico para seguir tratamento de plastia.

E, então? Você e um forte candidato para a cirurgia plástica? Caso sim, entre em contato com a gente, e marque a sua primeira consulta!

Capa-Facebook

Related Post

Leave a Reply