Alexa
CONTATO: (31)3646.2330 | WHATSAPP: (31) 9960.8282
Dr Daniel Borges Plástica

Abdominoplastia ou Lipoaspiração: qual cirurgia plástica ideal?

Por: | 14 de março de 2016

Não é só a face o xodó das cirurgias plásticas. O seio também é, e o abdômen em especial. O que acaba por garantir que essas três regiões sejam as campeãs de quando o assunto é modificação estética. Afinal, quem não quer exibir um rosto mais jovem, um seio mais durinho e uma barriga tanquinho?

Mais que isso: o envelhecimento natural, a própria hereditariedade, gestações e alterações no peso fazem com que as pessoas se sintam insatisfeitas com a própria aparência. E se a cirurgia plástica está aí para ajudar, por que não lançar mão de um método tão seguro quanto este? É o caso de quem opta por abdominoplastia ou lipoaspiração a fim de ter uma barriga motivo de orgulho.

As duas cirurgias plásticas, infelizmente, são comumente confundidas. Embora elas tratem da região abdominal, há de se diferenciá-las. Cada uma constitui um procedimento diferente, e que se assemelham apenas no resultado.

Para melhor compreensão, vamos observar as características de cada!

Lipoaspiração: cirurgia plástica muito conhecida por ser responsável pela retirada de gordura de uma determinada região por meio de aspiração. Ou seja, ela não é realizada apenas na barriga, mas também em outras partes do corpo, como coxas, braços, pescoço etc. Às vezes, ela pode receber outros nomes, como: lipolight ou minilipo.

Abdominoplastia: é a terceira cirurgia plástica mais realizada no Brasil. Enquanto a lipoaspiração retira gordura, a abdominoplastia retira excesso de pele da parte inferior do abdômen. Ela praticamente reposiciona a musculatura abdominal. Há, ainda, a variação para miniabdominoplastia, cuja região alterada é a supra púbica, bem ali no inferior do ventre.

Lipoabdominoplastia: em algumas situações, as duas cirurgias plásticas acima são associadas, com vistas a oferecer um trabalho estético completo de remoção de gordura localizada e pele flácida. O resultado nesse caso é um abdômen mais acinturado.

Sabendo, agora, em que as cirurgias se diferem, é possível identificar qual a ideal para seu caso. Lembrando que a consulta com um cirurgião plástico, filiado à Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica é imprescindível para a escolha assertiva.

No final, é o seu quadro clínico que também irá definir a possibilidade de uma ou outra cirurgia plástica. Por isso, mais uma vez, a necessidade de ter seus exames em dia. Caso você permaneça com dúvidas e seja de Belo Horizonte e região, fale com Dr. Daniel Borges. Ele está à sua disposição.

Capa-Facebook

Converse comigo