Alexa
CONTATO: (31)3646.2330 | WHATSAPP: (31) 9960.8282
Dr Daniel Borges Plástica

Outono e Inverno, a Temporada das Cirurgias Plásticas

Por: | 14 de maio de 2012

Os corpos perfeitos que desfilam nas praias no verão, em sua maioria são resultados de uma grande maratona que está longe das academias de ginástica, e essa maratona se inicia meses antes, durante o outono e o inverno. É nesse período, que todos os anos as clínicas de cirurgia plástica têm um movimento até 40% maior, isso é graças a pacientes que procuram principalmente lipoaspiração, aumento dos seios, abdominoplastia e correções no nariz e nas pálpebras.

Para se ter uma noção do grande volume que as cirurgias de inverno representam, segundo os dados mais recentes apresentados pela Sociedade Internacional de Cirurgiões Plásticos Estéticos, foram realizadas 1,6 milhão de cirurgias em 2009, por mais de 5.000 cirurgiões plásticos brasileiros. Esses números representam quase 17% de todos os procedimentos cirúrgicos realizados no Brasil (veja gráfico abaixo).

O Brasil é o segundo país onde são realizadas mais cirurgias plásticas, com 1.592.106 procedimento por ano. Só fica atrás dos Estados Unidos, com 1.620.855.

É por razões médicas que se dá a preferência pelo intervalo entre o fim de maio e o começo de agosto. Esses três meses antes do verão são os melhores e suficientes para que os pacientes se recuperem plenamente e evitem os efeitos potencialmente nocivos do sol e do calor durante o pós-operatório. É natural que nessa época exista uma menor exposição ao sol, o que ajuda a evitar possíveis manchas na pele e na cicatriz, já no verão, quando a temperatura ambiente está mais elevada, há vaso dilatação, e consequentemente maior inchaço.

Os dias do verão geralmente são abafados e ainda representam um incômodo extra para os que se submetem a uma cirurgia plástica. A cinta usada no pós-operatório é grossa, e esquenta ainda mais nos dias quentes. A esses fatores junta-se o fato de que as férias escolares aumentam o tempo de repouso dos pacientes, já que não precisam levar e buscar os filhos diariamente. Além disso, as férias podem ser uma saída para driblar o choque da mudança, com a ausência da rotina social e profissional, os pacientes conseguem esconder o período de inchaço e marcas.

grafico-cirurgia-plastica

É pensando nessas vantagens que os homens também usam o inverno para fazer cirurgia. De acordo com o último censo feito pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), referente a 2008, eles respondiam por 12% do total de cirurgias plásticas realizadas no país. Entre os procedimentos mais procurados estão o transplante capilar, a lipoaspiração e as cirurgias de pálpebra e de face.

Acesse e saiba mais sobre Cirurgia Plástica BH.

Leave a Reply